Compartilhe
Email this to someoneShare on FacebookTweet about this on Twitter

Ex-tecladista da Tipo Uísque deixa letras de rock em inglês para trás em novo trabalho solo
Por Bianca Frossard

Matéria publicada no O Globo online.

RIO – Duas noites cantando Chico Buarque e Vinicius de Moraes no Beco das Garrafas. Esse seria o teste definitivo na carreira de Aline Lessa. Depois de cinco anos como tecladista e principal compositora na Tipo Uísque, banda de indie rock com músicas em inglês, ela resolveu deixar os backing vocals para trás para construir um trabalho solo.

Enquanto preparava o futuro repertório, veio o convite para tocar no reduto da bossa nova, em Copacabana. Tímida por natureza, essa seria a primeira vez que ela pisaria num palco como o centro das atenções.

— Nunca tinha cantado sozinha na frente de uma plateia, toda a minha família estava lá. Eram duas horas e meia de show, fiquei muito nervosa, com medo de dar uma travada — conta Aline, de 25 anos. — Mas consegui me soltar bem, foi uma sensação ótima. Estou me acostumando a ser porta-voz do meu próprio trabalho. E acho que a resposta tem sido muito boa.

Com a Tipo Uísque, ela assinou contrato com a Som Livre, tocou nos principais palcos do país e em festivais internacionais, como o SXSW e o Canadian Music Week. Mas o estilo da banda combinava mais com o rock alternativo que Aline ouvia na adolescência. Poder compor e cantar em português foi um dos motivos que impulsionou sua saída.

— Era natural para a gente fazer música em inglês. Era o que a gente estava acostumada a ouvir. E a cantora da banda não curtia cantar em português — diz Aline, que tinha 17 anos quando o grupo começou. — Compor em inglês me leva para o lado do rock, enquanto em português consigo explorar outros estilos. Senti a necessidade de buscar coisas novas.

Depois de um processo que durou um ano e meio, ela acaba de lançar seu disco de estreia, produzido por Elisio Freitas, parceiro em boa parte das faixas.

No “Sintonizando” desta semana, Aline apresenta a música “Manhã”, ao lado de Elisio.

Compartilhe
Email this to someoneShare on FacebookTweet about this on Twitter

Deixe uma resposta